Tenho Dito!

Computador que lê mente fica pronto em 2017, segundo IBM


A IBM, uma das maiores empresas de tecnologia do mundo, acaba de divulgar uma lista com cinco inovações que mudarão a nossa vida até 2017. Na relação está nada mais nada menos do que um computador que vai ser capaz de ler a mente e reconhecer pessoas.

Computador que lê mente fica pronto em 2017, segundo IBM

A lista de inovações é divulgada anualmente pela IBM e conta sempre com cinco itens. Veja os lançamentos incluídos em 2011:

– Movimento humano será capaz de gerar energia;
– Máquinas reconhecerão o rosto dos usuários;
– Celulares eliminarão as barreiras digitais;
– Spam será filtrado de forma inteligente;
– Ler a mente não será mais um recurso restrito à ficção científica.

Computador que lê mente fica pronto em 2017, segundo IBM

Há anos os cientistas da IBM investigam a forma de vincular a atividade cerebral a outros dispositivos, como computadores e telefones celulares. Uma das teorias da empresa é de que, no futuro, vai ser possível telefonar para as pessoas bastando apenas pensar nelas, ou fazer o cursor do computador se mover na tela com o desejo.

Os pesquisadores também acreditam que a tecnologia será capaz de produzir energia elétrica a partir de qualquer tipo de movimento, tanto de caminhar quanto de andar de bicicleta, assim como a partir do fluxo de água nas tubulações das casas. Meio louco, né?!

No vídeo abaixo, por enquanto só em inglês, você pode ver em detalhes a lista de cinco inovações para os próximos cinco anos da IBM:




Categorias: Curiosidades,Tecnologia,Vídeos
Tags: , , , , , , , , , , ,
21 de dezembro de 2011 | Por Redação | Comentários desativados em Computador que lê mente fica pronto em 2017, segundo IBM


alimentação apple atriz atrizes beleza cantora carro casamento celebridades chocolate cinema cuidado curiosidade curiosidades dica dicas dieta emagrecer filme fotos futebol game humor imagens ipad Jogador jogos lady gaga lançamento Libertadores maquiagem mulheres musica neymar novidade pesquisa receita santos saúde tecnologia televisão video vídeos wiliam youtube