Tenho Dito!

Homens: o que eles olham primeiro nas mulheres


A Revista Cosmopolitan elaborou uma lista do que os homens reparam primeiro e revelou novidades: sorriso, voz e acessórios contam pontos na hora de atrair a atenção deles. Confira!

Homens: o que eles olham primeiro

1) Cabelos

É a primeira coisa que eles reparam, e costumam notar logo se os fios estão com textura boa e aparência saudável.

Homens: o que eles olham primeiro

2) Sorriso

A maioria dos homens consegue distinguir se a mulher está à vontade e se divertindo pela forma de sorrir. Sorrisos forçados contam pontos negativos no encontro.

Homens: o que eles olham primeiro

3) Seios

Pois é, não podia faltar… Mas veja que notícia boa: pelo menor aparece em terceiro lugar, né?! Eles não gostam de peitos exageradamente grandes, mas querem checar se têm um pouco de volume

Homens: o que eles olham primeiro

4) Voz

O tom de voz e jeito de falar estão na lista das coisas que os homens reparam durante um encontro. Vozes mais suaves tendem a agradá-los mais.

Homens: o que eles olham primeiro

5) Cintura e quadril

O corpo violão é o desejo de todos eles, então se você tem a cintura mais fina do que os quadris, já ganhou pontos!

Homens: o que eles olham primeiro

6) Pele

Outro detalhe importante. O brilho na pele e olhos significam saúde mental e qualidade de vida para os homens. Um dos itens para se preocupar antes do encontro é com as marcas de cansaço na pele.

Homens: o que eles olham primeiro

7) Acessórios Artificiais

Apliques no cabelo, cílios postiços e tudo o que não for natural da mulher eles reparam.

Homens: o que eles olham primeiro

8) Olhos

Também não podia faltar na lista. Os homens costumam analisar não só os olhos, mas também a forma de olhar da futura parceira.

[Fonte: Terra]




Saúde: quando procurar um médico com urgência


Existem sintomas que podem parecer coisa passageira, mas que devem ser levados a sério e motivar uma ida ao médico com urgência. Veja algumas doenças que podem ser manifestadas por sinais simples como vômito sem explicação, inchaço ou até sede.

FEBRE PERSISTENTE

Saúde: quando procurar um médico com urgência

Crianças costumam ter mais febre que adultos e com temperaturas mais elevadas, mesmo quando ela não representa mal à saúde. Mas, quando essa febre dura mais de uma semana acima dos 37,5 graus, é hora de procurar um médico. Isso porque mais da metade das febres sem causa aparente são causadas por infecções ou podem indicar até tuberculose.

PERDA DE PESO

Uma perda involuntária e que venha sendo percebida por mais de seis meses precisa ser investigada. Esse pode ser um sintoma para doenças como hipertireoidismo, diabetes, depressão e outros distúrbios psicológicos, doenças do fígado ou até cânceres.

ALTERAÇÕES INTESTINAIS

Saúde: quando procurar um médico com urgência

Entre as alterações mais comuns estão fezes com sangue, escuras ou amareladas; prisão de ventre ou diarreia persistente; e vontade incontrolável de defecar. Essas mudanças podem significar a presença de infecções bacterianas (como a Salmonella), virais ou parasitária ou problemas como a síndrome do intestino irritável, câncer de cólon e doença celíaca. Na dúvida, melhor procurar ajuda profissional.

TONTURA OU SENSAÇÃO DE DESMAIO

Se a tontura ocorrer após uma forte pancada na cabeça e vier acompanhada de febre alta, perda súbita de audição, dor no peito e visão ela pode significar um dano grave e a pessoa deve ser levada ao médico imediatamente. Outros casos que merecem atenção veem ainda acompanhados de enfraquecimento das pernas ou braços, fala embaralhada, perda de consciência e mal-estar. Entre as causas estão: problema cardíaco, anemia, enxaqueca, síndrome metabólica e transtornos de ansiedade.

MUDANÇAS NO ESTADO MENTAL

Saúde: quando procurar um médico com urgência

Casos de confusões repentinas de pensamento, de concentração e problemas de memória e orientação são sinais de que um médico deve ser procurado o mais rápido possível. As mudanças no estado mental podem significar diversos problemas, como infecção, anemia, baixo índice glicêmico, desidratação ou problemas mentais. Em alguns casos, ela pode ser causada por um acidente vascular cerebral (derrame) ou por um tumor.

VÔMITO

Quando o vômito acontece de maneira inexplicável em pessoas que não tem histórico de vômitos sem um motivo aparente, ele pode ser um prenúncio de infarto ou ainda de problemas vascular, digestivo ou neurológico.

SEDE INTENSA E MUITA VONTADE DE FAZER XIXI

Saúde: quando procurar um médico com urgência

Beber quantidades grandes de água (cerca de quatro litros por dia) e ir ao banheiro em intervalos menores do que o de costume podem ser sintomas de rinite alérgica ou de que os níveis de glicemia do sangue estão desregulados. O problema é quando o sintoma é causado por diabetes, por exemplo. Na dúvida, não deixe de procurar ajuda.

TOSSE INSISTENTE

Uma tosse seca, do tipo que arranha a garganta e o pulmão e tem duração de mais de três semanas, pode ser reflexo do uso de alguns remédios ou o sintoma de problemas como tuberculose, sinusite ou mesmo de um refluxo de ácido do estômago.

INCHAÇO

Pessoas acima do peso e com varizes têm normalmente um pouco de inchaço nas pernas ao fim do dia. Mas quando esse inchaço começa a aparecer mais cedo e vem acompanhado de falta de ar e inchaço no rosto, é hora de procurar um médico imediatamente. Quando o inchaço aparece nas duas pernas, pode estar sendo causado por problemas de coração e de rim. Quando apenas uma perna é afetada, ele pode ser o resultado de uma trombose e costuma vir acompanhado de dores fortes no membro.

[Fonte: Veja]




Categorias: Curiosidades,Dicas
Tags: , , , , , , ,
4 de setembro de 2011 | Por Redação | Comente

Compulsão alimentar: como exercitar o controle e viver melhor


Um dia desses fiquei assustada com minha própria falta de bom senso. Depois de ter comido exageradamente numa festa, passado mal e vomitado (tudo em menos de três horas), eu simplesmente saí do banheiro e voltei a comer. Foram uns 20 ou mais pedaços de brownie, pãezinhos com patê e geléia, torradas, torta de limão e até brigadeiro de colher. Apesar de ter eliminado parte do exagero com o vômito provocado, ainda assim comi tanto depois disso que continuei a me sentir mal mesmo depois de ter chegado em casa.

Compulsão alimentar: saiba como exercitar o controle e viver melhor

Como sou adepta e defensora de qualquer dieta equilibrada (embora também seja viciada em doces, sobretudo o chocolate), fiquei assustada com meu comportamento e fui ler sobre o assunto. Descobri que pequenos acessos de compulsão alimentar podem ser normais se não se repetirem mais de uma ou duas vezes por semana, mas também fiquei sabendo que a compulsão por comida é uma doença que, se for mesmo diagnosticada, precisa ser tratada com atenção pelo resto da vida.

Por isso, esse post.

Compulsão alimentar: saiba como exercitar o controle e viver melhor

O problema da compulsão alimentar é tão grande que existe um grupo de ajuda como o Alcoólicos Anônimos voltado apenas para quem tem esse transtorno. É o Comedores Compulsivos Anônimos. Eles também se reúnem semanalmente e usam a troca de experiências para superar as dificuldades e controlar os impulsos.

Compulsão alimentar: saiba como exercitar o controle e viver melhor

Para saber mais sobre o assunto, acesse o site deles e veja se há reuniões perto da sua casa. Perto da minha tem, mas por enquanto eu vou tentar me segurar sozinha e ter mais atenção das próximas vezes.

Se você também tem pequenos (ou grandes) acessos de compulsão por comida, veja algumas dicas para evitar o exagero.

Antes de comer, pense no que está fazendo. Tente não atacar a comida sem refletir antes e nem comer enquanto estiver distraído com a TV ou o computador, por exemplo. Fica mais fácil exagerar e mais complicado ter uma noção exata do que está sendo consumido.

Se concentre no que está comendo no momento, não no que ainda poderá comer depois.
Compulsão alimentar: saiba como exercitar o controle e viver melhor

Coma devagar e faça intervalos pequenos entre uma garfada e outra. Se terminou de comer um salgado e quer comer uma sobremesa, tente fazer um intervalo maior e pensar bem no que vai escolher. Isso aumenta as chances de fazer uma escolha consciente.

Se você está no meio de uma crise de compulsão, procure dividir o que quer comer (pode ser uma pizza, um pote de sorvete, ou um monte de salgadinhos) em porções pequenas. Mais uma vez, a dica é comer devagar e com pequenos intervalos entre uma porção e outra, para que seu organismo tenha mais chances de se sentir saciado.

Compulsão alimentar: saiba o que fazer para ter controle e viver melhor

– Por fim, lembre que problemas emocionais, psicológicos ou mesmo físicos também podem provocar uma gula desenfreada. Se até agora você tentou se policiar e nada deu certo, o melhor é procurar ajuda especializada e segura para saber exatamente como lidar com o problema.

O tratamento da Compulsão Alimentar exige o trabalho de profissionais de diferentes áreas, como a psicologia e a nutrição. O objetivo final é fazer com que a pessoa diagnosticada com o problema consiga ter controle sobre as refeições e adote uma reeducação alimentar para toda a vida. Com o tempo, se render a um pedaço de torta (e só um mesmo) ou a uma porção maior de sorvete deixa de ser um problema.

Outra dica pra quem quiser aprofundar a leitura e entender melhor a compulsão e outros transtornos alimentares é o site Pense Magro, que traz textos bem fáceis e informações úteis sobre como lidar melhor com a comida.




Categorias: Curiosidades,Dicas
Tags: , , , , , , , , ,
24 de agosto de 2011 | Por Redação | Comente

Engordar com saúde é possível?!


Enquanto todas as mulheres que eu e você conhecemos ficam reféns da culpa sempre que abusam do bolo, salgadinho, sorvete ou prato de massa, a americana Susanne Eman decidiu desistir pra sempre das dietas. Mas fez isso de uma maneira radical. Depois de tentar em vão emagrecer usando apenas meios naturais, ela decidiu se tornar a mulher mais gorda do mundo. E com um detalhe: ela garante que seu plano é emagrecer com saúde.

Com 317 quilos, Susanne quer ultrapassar os 700 quilos para receber o título nada invejável. A meta da americana é chegar a 360 quilos até o fim de 2011 e alcançar os 700kg nos próximos anos.

Engordar com saúde é possível?!

Para manter a saúde, apesar das quantidades gigantestas de comida ingeridas todos os dias, Susanne pratica exercícios e mede a pressão arterial com regularidade.

Engordar com saúde é possível?!

Sem o apoio do seu médico, ela diz que tem feito tudo isso para provar que as pessoas podem engordar com saúde e para mostrar que não há nada de errado em ser gordo.

Engordar com saúde é possível?!

O exemplo da americana é extremo e difícil de entender (ainda mais se olharmos as fotos que deixam claro as dificuldades e limitações que o excesso de peso já impõe a Susanne). Mas existem muitas pessoas que realmente precisam apelar para dietas por não conseguirem ganhar peso.

Pensando nessas pessoas, o TenhoDito fez uma pesquisa em busca de orientações sobre o que fazer nesses casos. Veja algumas dicas que podem ser seguidas por quem está bem de saúde:

1. Comece a escolher porções maiores
O princípio básico para engordar é ingerir mais calorias do que você gasta. Procure comer porções maiores do que comia antes, mas saiba escolher os alimentos para engordar sem arruinar sua saúde e nem a disposição.

2. Faça escolhas inteligentes
Ao invés de comer só pão, escolha derivados do leite, peixe, carne e ovos, por exemplo. Coma também alimentos com elevado teor de proteínas, como feijão, legumes e ervilha, e alimentos com alto teor de amido, como batatas, arroz e mandioca. Castanhas, amendoim e nozes são ótimos alimentos calóricos e saudáveis para servir de lanche para quem deseja engordar.

3. Proteína é muito importante

A maioria das calorias que contribuem para o ganho de peso é proveniente de carboidratos e gorduras, mas o seu corpo necessita de uma grande quantidade de proteína para construir novos músculos. Portanto, não substitua os carboidratos e gorduras por proteínas, mas aumente o consumo das mesmas.

4.Faça vários lanches durante o dia
Nos intervalos entre as refeições, tenha por perto alimentos que podem ajudar a ganhar peso e não prejudicam a sua saúde. Consuma queijo, frutas secas, e barras de cereais, por exemplo. Evite hambúrgueres, batatas fritas e fast food. Você pode até engordar, mas dificilmente vai fazer isso de maneira saudável por conta da gordura de péssima qualidade desses alimentos.

5. Intensifique os exercícios
Para ganhar pesoa, você precisa de exercícios anaeróbicos e intensos para ganhar massa muscular. São exercícios que envolvem pesos, aparelhos de academia, mas também podem ser feitos em casa (flexôes, agachamentos, barras). Os exercícios aeróbicos, como corridas, devem ser mais leves.

[Fonte: G1]
[Imagens: Getty Images]




Categorias: Curiosidades,Dicas
Tags: , , , , ,
18 de agosto de 2011 | Por Redação | 1 Comentário

Chegou ou está perto dos 30?! Dicas para não parecer mais velha


É difícil encontrar uma mulher que não fique em crise ao se aproximar ou passar pelos 30 anos. Parece que a cobrança aumenta, que a vida está passando mais rápido, que você tem a obrigação de já ter realizado boa parte dos sonhos…

Uma confusão só, mas que tende a ser passageira porque essa idade, de fato, costuma acompanhar também a independência e uma maturidade com a qual a gente nem sonhava aos 20 e poucos.

Com esse post, o TenhoDito dá algumas dicas para que o visual das mulheres de 30 anos pareça sempre mais jovem. E dá pra aproveitar os conselhos mesmo se você ainda não chegou lá ou já passou dessa marca.

Passou ou está perto dos 30?! Dicas para não parecer mais velha

Evite o corte “mamãe”. Ainda que você já seja mãe, você não precisa querer parecer mais madura através do corte de cabelo. Cortes como os de Selma Blair ou Ginnifer Goodwin podem fazer com que a pessoa pareça mais velha.

Chegou ou está perto dos 30?! Dicas para não parecer mais velha

Aposte em fios longos. É possível experimentar o corte reto enquanto ainda se tem idade para isso. Este tipo de corte é versátil e permite penteados encaracolados, lisos, e em longas camadas, como os das atrizes Sarah Michelle Gellar e Kate Hudson. Traz jovialidade sem ser exagerado.

Chegou ou está perto dos 30?! Dicas para não parecer mais velha

Evite enlouquecer ao escolher a cor. Aos 30 anos, a mulher já não é adolescente, mas também não é super madura. Por isso o azul que aparece na foto não é exatamente recomendado. A cantora e atriz Juliette Lewis ousou na escolha, mas as cores desse tipo costumam parecer inadequadas.

Chegou ou está perto dos 30?! Dicas para não parecer mais velha

Aposte na cor natural. Você pode manter a cor natural do seu cabelo sem medo, sempre tentando apenas equilibrá-la com a cor da sua pele. A atriz Christina Hendricks, por exemplo, é naturalmente loira, mas o vermelho combinou perfeitamente com o seu rosto. Liv Tayler, por outro lado, mostra que manter a cor natural do cabelo continua sendo uma ótima alternativa.

Chegou ou está perto dos 30?! Dicas para não parecer mais velha

Evite penteados muito sérios. Quando se tem 20 anos é possível experimentar as tendências, mas, aos 30, nem sempre. A cantora Fergie e a atriz Jessica Alba aparentam mais idade com os cabelos presos para trás. Além disso, o cabelo completamente preso pode deixar as linhas de expressão mais evidentes.

Chegou ou está perto dos 30?! Dicas para não parecer mais velha

Emoldure o seu rosto. As atrizes Zoe Saldana e Diane Kruger usaram alguns fios soltos que deixam o rosto em uma “moldura”. Ao fazer este tipo de penteado, você deve puxar os fios com os próprios dedos, e não com a escova, para deixar o penteado com um aspecto “bagunçado” no bom sentido.

Chegou ou está perto dos 30?! Dicas para não parecer mais velha

Evite o exagero nas tranças. Aos 30 anos é preciso cuidado ao optar por uma trança. Se o penteado for solto e bagunçado, pode funcionar. Mas as muito apertadas, como a da rapper Eve, podem passar um aspecto infantil. A da atriz Busy Philipps seria o limite “permitido”. Na dúvida, dispense a trança.

Chegou ou está perto dos 30?! Dicas para não parecer mais velha

Acrescente um pouco de diversão ao seu look. Ondas com o aspecto natural, como as das atrizes Cameron Diaz e Zooey Deschanel, são a forma prefeita de parecer uma menina de 20, mas com a maturidade de uma mulher de 30. Além disso, o penteado é sexy e prático: basta um pouquinho de mousse ou, para um aspecto um pouco mais formal, moldar com um babyliss. Mas tentar trabalhar com a textura natural é a melhor maneira de não errar.

Chegou ou está perto dos 30?! Dicas para não parecer mais velha

Trate bem o seu cabelo. Cabelos danificados podem parecer que você não vai a um salão desde quando tinha 20 anos. Por isso aposte na naturalidade, especialmente para os cabelos encaracolados. Protetor solar para o cabelo, especialmente nos dias quentes, é essencial.

Chegou ou está perto dos 30?! Dicas para não parecer mais velha

Potencialize o brilho. Cabelos brilhantes e saudáveis são o melhor estilo, sempre, defendem os especialistas. Não importa o corte de cabelo, eles sempre farão a mulher parecer jovem, estilosas e sexy, como as atrizes Amy Adams e Katie Holmes. Para obter este look, evite qualquer coisa que resseca o cabelo, como muita coloração e lavagem com muita frequência.

[Fonte: Terra Beleza]




Categorias: Curiosidades,Dicas
Tags: , , , , , , , ,
16 de agosto de 2011 | Por Redação | Comente

Página 7 de 8« Primeira2345678

alimentação apple atriz atrizes beleza cantora carro casamento celebridades chocolate cinema cuidado curiosidade curiosidades dica dicas dieta emagrecer filme fotos futebol game humor imagens ipad Jogador jogos lady gaga lançamento Libertadores maquiagem mulheres musica neymar novidade pesquisa receita santos saúde tecnologia televisão video vídeos wiliam youtube