Tenho Dito!

Cocô é usado para fabricar café mais caro do mundo


Kopi Luwak é o nome do café mais caro do mundo. Fabricado na Indonésia em baixíssima escala, o quilo desta “iguaria” chega a custar 493 dólares. E ninguém esconde o fato de que as fezes de um pequeno mamífero, comum na região, são fundamentais para o sabor característico da bebida.

Cocô é usado para fabricar café mais caro do mundo

Civeta é o nome do animal que gera lucro para os produtores do Kopi Luwak. Ele é comumente visto na ilha de Sumatra. Na Indonésia os animais usados para essa finalidade são alimentados com frutos de café e, durante a digestão, os grãos não são completamente digeridos. O que acontece é uma transformação que deixa o café com as características próprias (e raras) do Kopi Luwak. Depois que o animalzinho devolve o que comeu à natureza, é hora de tostar o café e moê-lo.

Cocô é usado para fabricar café mais caro do mundo

Pode parecer simples, mas a dependência do tempo de digestão do animal é o que torna esse café tão raro e o que mantém a produção em níveis tão baixos. Por muito anos, inclusive, se acreditou que só a civeta fosse capaz de digerir os grãos de café de modo ideal para a produção do  Kopi Luwak.

Mas aqui no Brasil, em uma fazenda no Espírito Santo, uma experiência parecida começou a ser feita com outro animal. No caso, o pássaro Jacu.

Cocô é usado para fabricar café mais caro do mundo

Se você quiser saber os detalhes de como as fezes de um animal podem resultar numa bebida deliciosa, vale a pena dar uma olhada no vídeo.

[Fonte: G1 e Blog MexidodeIdeias]




Categorias: Curiosidades
Tags: , , , , , , , , ,
7 de agosto de 2012 | Por Redação | 2 Comentários

Computador que lê mente fica pronto em 2017, segundo IBM


A IBM, uma das maiores empresas de tecnologia do mundo, acaba de divulgar uma lista com cinco inovações que mudarão a nossa vida até 2017. Na relação está nada mais nada menos do que um computador que vai ser capaz de ler a mente e reconhecer pessoas.

Computador que lê mente fica pronto em 2017, segundo IBM

A lista de inovações é divulgada anualmente pela IBM e conta sempre com cinco itens. Veja os lançamentos incluídos em 2011:

– Movimento humano será capaz de gerar energia;
– Máquinas reconhecerão o rosto dos usuários;
– Celulares eliminarão as barreiras digitais;
– Spam será filtrado de forma inteligente;
– Ler a mente não será mais um recurso restrito à ficção científica.

Computador que lê mente fica pronto em 2017, segundo IBM

Há anos os cientistas da IBM investigam a forma de vincular a atividade cerebral a outros dispositivos, como computadores e telefones celulares. Uma das teorias da empresa é de que, no futuro, vai ser possível telefonar para as pessoas bastando apenas pensar nelas, ou fazer o cursor do computador se mover na tela com o desejo.

Os pesquisadores também acreditam que a tecnologia será capaz de produzir energia elétrica a partir de qualquer tipo de movimento, tanto de caminhar quanto de andar de bicicleta, assim como a partir do fluxo de água nas tubulações das casas. Meio louco, né?!

No vídeo abaixo, por enquanto só em inglês, você pode ver em detalhes a lista de cinco inovações para os próximos cinco anos da IBM:




Pôquer pode ajudar até na hora da paquera


O jogo de pôquer tem regras simples e depende da sorte de cada jogador, mas também exige muito controle e equilíbrio emocional. Por isso, algumas dicas de jogadores experientes podem nos ajudar não só a vencer algumas partidas. Se forem bem empregadas, essas dicas podem ser muito úteis na hora da paquera. Veja cinco regrinhas que todo jogador de pôquer precisa conhecer:

Pôquer pode ajudar até na hora da paquera

1) Não entre em um jogo que você não pode bancar. No caso da conquista, a dica vale para você se preservar e analisar bem a outra pessoa antes de investir.

2) Tenha em mente que seu objetivo é ganhar a partida e não apenas uma rodada, ou seja: se sua cantada não funcionou, vá com calma. Não vale a pena sair atirando pra todo lado sem antes estudar bem a situação.

Pôquer pode ajudar até na hora da paquera

3) Aposte com cautela, mesmo quando achar que tem a melhor combinação de cartas. Se sua intenção é conquistar alguém, essa dica pode ser útil para você manter a calma mesmo quando achar que está com o “jogo ganho”.

Pôquer pode ajudar até na hora da paquera

4) Aprenda a blefar. A dica é importante no jogo e, no caso da paquera, pode ser útil quando você perceber que as coisas não estão saindo como o planejado.

5) Saiba identificar se o outro está blefando. A habilidade é fundamental para que você conduza da melhor forma possível o bate-papo. Se a outra pessoa se faz de difícil deliberadamente, talvez valha a pena insistir um pouquinho.

Se você ficou em dúvida sobre a validade dessas dicas, é possível praticar um pouco antes de sair de casa. Alguns site na internet oferecem ambientes seguros para o jogo do pôquer, como o PartyPoker. Antes de testar essas regras na balada, vale a pena tentar se dar bem com o jogo de cartas.

Pôquer pode ajudar até na hora da paquera




Categorias: Curiosidades,Dicas
Tags: , , , , , , , , ,
6 de dezembro de 2011 | Por Redação | Comente

Freddie Mercury: vídeos dos melhores momentos da carreira do cantor


Freddie Mercury foi consagrado nos anos 1970 como vocalista do Queen, mas continua fazendo inveja a muitos astros quando o assunto é popularidade. Tanto que seu nome aparece na lista dos 100 maiores cantores de todos os tempos da revista Rolling Stone e foi um dos assuntos mais comentados do twitter no dia 24 de novembro. Essa é a data da morte do cantor, que deixou o mundo com bem menos graça há 20 anos.

Freddie Mercury: vídeos dos momentos marcantes da carreira do cantor

Nessa compilação de vídeos feita pela Revista Super Interessante, você confere alguns dos momentos mais marcantes da carreira dele.

1) Bohemian Rhapsody (1975)

Em 1975, o Queen já era conhecido por sucessos como Killer e admirado pelos entendidos de música. Mas foi o quarto álbum do grupo, “A night at the opera”, que consagrou a banda de uma maneira definitiva. O maior sucesso do disco é, justamente, Bohemian Rhapsody.

2) I want to break free (1984)

Apesar da bissexualidade de Freddie Mercury ser bastante conhecida, a música “I want to break free” foi escrita pelo baixista John Deacon para falar sobre a liberação feminina. E só. Mesmo assim, o clipe imortalizou a imagem de Freddie com uniforme de empregada doméstica e o bigode que ele passou a usar nos anos 80.

3) Apresentação ao vivo no Live Aid (1985)

O Live Aid, realizados em 1985, foi um dos primeiro grandes festivais a reunir artistas por uma causa nobre. O objetivo era arrecadar dinheiro para erradicar a fome no norte da África e cada banda tinha direito a 20 minutos de apresentação. Como o vídeo deixa claro, foi tempo suficiente para que a performance do Queen ganhasse da Rádio BBC de Londres o título de melhor apresentação ao vivo de todos os tempos.

4) The Great Pretender (1987)

Esse hit foi gravado em 1955 pelo grupo The Platters, mas só chegou ao top 5 das paradas de sucesso britânicas cerca de 30 anos depois. O motivo é bem simples: foi quando Freddie Mercury apresentou sua versão da música, que segundo ele resumia um pouco de sua carreira nos palcos. Vale a pena conferir.

5) Google Doodle (2011)

Pois é, já chegamos em 2011. Foi este ano que o google decidiu homenagear Freddie Mercury em um Doodle especial no aniversário de seu nascimento. O vídeo traz a canção “Don’t stop me now”, lançada em 1979. Enquanto isso, a animação mostra imagens de toda a carreira do artista em desenho.




Categorias: Celebridades,Curiosidades,Vídeos
Tags: , , , , , , , , ,
25 de novembro de 2011 | Por Redação | Comente

Subcelebridades: dicas para fugir (ou se tornar uma delas)


Você lembra do adolescente, filho da modelo Cristina Mortágua e do ex-jogador Edmundo, que foi parar numa delegacia por conta de uma briga com a mãe? Não, né?!

Pois esse é justamente esse o problemas de subcelebridades que a gente se acostumou a ver circular em programas como A Fazenda, por exemplo. Elas aparecem e somem com a mesma rapidez, deixando pra trás muito pouco ou quase nada que valha a pena ser lembrado.

Subcelebridades: dicas para fugir (ou se tornar uma delas)

É o caso do adolescente-aspirante-a-estilista Alexandre Mortágua, que nós citamos aqui em cima. Depois de ser emocionar por ter sido seguido por paparazzi e de se sentir homenageado com a capa do jornal sensacionalístico Meia Hora, ele criou um blog para se expressar e registrar para o mundo como é a vida das subcelebridades.

Pois é, desde os cachês modestos à participação em programas de gosto duvidoso, vale tudo na hora de esticar um pouquinho o momento de fama. E se a carreira chegou mesmo ao fim, não se desespere (ainda). Segundo a MTV, já existe até um grupo de ajuda para tratar quem não consegue administrar a falta de fama:

Mas nem tudo é desespero na vida dos quase-talvez-famosos. Se você aceitou os convites certos, aturou os jornalistas chatos e fez amizade com outras subcelebridades, pode até se tornar o próximo fazendeiro da record. Nada mau, né? Dado Dolabella, Karina Bacchi e Daniel Bueno que o digam…

Subcelebridades: dicas para fugir (ou se tornar uma delas)

Ao site da revista TPM, o também blogueiro Alexandre Mortágua (pois é, o mesmo do início do texto) listou vantagens e desvantagens no cotidiano de quem precisa suar muito pra sentir, nem que seja por pouco tempo, o gostinho da fama.

O lado bom:
– De vez em quando rola um cachezinho. “Na época em que fiquei famoso por brigar com a minha mãe, cheguei a dar entrevista paga. Também recebi dinheiro uma vez para aparecer em um evento”, diz ele.
– Você é convidado para muitos eventos. Aberturas de loja, inaugurações de coisas. “Às vezes penso: ‘Que estranho, por que será que estão me chamando?”
– Você acaba conhecendo uma porrada de jornalistas, mesmo sendo pela razão errada. Aí você monta uma boa rede de network para divulgação, quando fizer alguma coisa realmente importante.

O lado ruim:
– As pessoas odeiam você sem te conhecer.
– Você acaba ficando amigo de outras subcelebridades, já que “somos oprimidos porque não somos celebridades de verdade”.
– Você não é uma celebridade. Então, por mais que seja convidado para festas, é para as festas menores. Uma subcelebridade nunca está nos melhores mailings.

Para saber mais sobre esse mundo e reunir informações suficientes pra ficar longe dele, você também pode dar uma olhadinha nesse vídeo aqui embaixo (nada simpático com quem corre atrás da fama, adiantamos logo).

Agora, se tudo isso ainda te deixou com vontade de tentar a sorte, o jeito é acessar o blog do Alexandre Mortágua (lembra?! o da história que a gente contou…). Né?




Categorias: Dicas,Humor,Vídeos
Tags: , , , , , , , , , ,
23 de novembro de 2011 | Por Redação | 2 Comentários

Página 1 de 41234

alimentação apple atriz atrizes beleza cantora carro casamento celebridades chocolate cinema cuidado curiosidade curiosidades dica dicas dieta emagrecer filme fotos futebol game humor imagens ipad Jogador jogos lady gaga lançamento Libertadores maquiagem mulheres musica neymar novidade pesquisa receita santos saúde tecnologia televisão video vídeos wiliam youtube