Tenho Dito!

Subcelebridades: dicas para fugir (ou se tornar uma delas)


Você lembra do adolescente, filho da modelo Cristina Mortágua e do ex-jogador Edmundo, que foi parar numa delegacia por conta de uma briga com a mãe? Não, né?!

Pois esse é justamente esse o problemas de subcelebridades que a gente se acostumou a ver circular em programas como A Fazenda, por exemplo. Elas aparecem e somem com a mesma rapidez, deixando pra trás muito pouco ou quase nada que valha a pena ser lembrado.

Subcelebridades: dicas para fugir (ou se tornar uma delas)

É o caso do adolescente-aspirante-a-estilista Alexandre Mortágua, que nós citamos aqui em cima. Depois de ser emocionar por ter sido seguido por paparazzi e de se sentir homenageado com a capa do jornal sensacionalístico Meia Hora, ele criou um blog para se expressar e registrar para o mundo como é a vida das subcelebridades.

Pois é, desde os cachês modestos à participação em programas de gosto duvidoso, vale tudo na hora de esticar um pouquinho o momento de fama. E se a carreira chegou mesmo ao fim, não se desespere (ainda). Segundo a MTV, já existe até um grupo de ajuda para tratar quem não consegue administrar a falta de fama:

Mas nem tudo é desespero na vida dos quase-talvez-famosos. Se você aceitou os convites certos, aturou os jornalistas chatos e fez amizade com outras subcelebridades, pode até se tornar o próximo fazendeiro da record. Nada mau, né? Dado Dolabella, Karina Bacchi e Daniel Bueno que o digam…

Subcelebridades: dicas para fugir (ou se tornar uma delas)

Ao site da revista TPM, o também blogueiro Alexandre Mortágua (pois é, o mesmo do início do texto) listou vantagens e desvantagens no cotidiano de quem precisa suar muito pra sentir, nem que seja por pouco tempo, o gostinho da fama.

O lado bom:
– De vez em quando rola um cachezinho. “Na época em que fiquei famoso por brigar com a minha mãe, cheguei a dar entrevista paga. Também recebi dinheiro uma vez para aparecer em um evento”, diz ele.
– Você é convidado para muitos eventos. Aberturas de loja, inaugurações de coisas. “Às vezes penso: ‘Que estranho, por que será que estão me chamando?”
– Você acaba conhecendo uma porrada de jornalistas, mesmo sendo pela razão errada. Aí você monta uma boa rede de network para divulgação, quando fizer alguma coisa realmente importante.

O lado ruim:
– As pessoas odeiam você sem te conhecer.
– Você acaba ficando amigo de outras subcelebridades, já que “somos oprimidos porque não somos celebridades de verdade”.
– Você não é uma celebridade. Então, por mais que seja convidado para festas, é para as festas menores. Uma subcelebridade nunca está nos melhores mailings.

Para saber mais sobre esse mundo e reunir informações suficientes pra ficar longe dele, você também pode dar uma olhadinha nesse vídeo aqui embaixo (nada simpático com quem corre atrás da fama, adiantamos logo).

Agora, se tudo isso ainda te deixou com vontade de tentar a sorte, o jeito é acessar o blog do Alexandre Mortágua (lembra?! o da história que a gente contou…). Né?




Categorias: Dicas,Humor,Vídeos
Tags: , , , , , , , , , ,
23 de novembro de 2011 | Por Redação | 2 Comentários

Amy Winehouse: um adeus difícil de dizer (fotos, vídeo e música inédita)


Aos poucos, tudo foi parando na tarde/noite de sábado, 23 de julho, à medida que notícia se espalhava. Amy Winehouse está morta. Outro gênio da música perdido cedo demais… Outra saudade e sensação de angústia por sabermos que isso não devia ter acontecido. Nós do TenhoDito precisamos de tempo até conseguir, aos poucos, aceitar e procurar imagens e informações da tragédia para esse post.

Quem diria que os shows no começo desse ano seriam os últimos aqui no Brasil? Que o talento e a voz incríveis de Amy mal chegaram e já estavam se despendindo do país? Não era preciso acompanhar diariamente a carreira da cantora para reconhecer que ali estava uma artista insubstituível. E agora também não é preciso sequer ter sido fã para lamentar essa perda e essa notícia que ninguém queria receber.

Abaixo, selecionamentos fotos e vídeos da cantora, além das informações iniciais sobre sua morte e a versão inédita de uma música que só seria conhecida com o seu próximo áçbum. Se não dá mais pra mudar o que aconteceu, podemos ao menos lembrar com carinho de Amy e desejar que ela esteja feliz e em paz.

Amy Winehouse: um adeus difícil de dizer

Só a autópsia vai determiar a causa da morte da cantora Amy Winehouse, embora as especulações e a luta da cantora contra as drogas apontem para uma overdose. O corpo de Amy foi encontrado em sua casa em Londres às 16h do dia 23 de julho, no horário local.

Ela foi achada pela polícia, que recebeu chamado para socorrer uma mulher inconsciente. Até a noite de sábado ainda não foi divulgado quem fez o telefonema. Na foto acima, a cantora aos 7 anos. Abaixo, Amy no show que fez no Rio de Janeiro em 10 de janeiro de 2011 e outras imagens da cantora aqui e em diferentes partes do mundo.

Amy Winehouse: um adeus difícil de dizer

Amy Winehouse: um adeus difícil de dizer

Amy Winehouse: um adeus difícil de dizer

Amy Winehouse: um adeus difícil de dizer

O produtor Salaam Remi, que trabalhou com Amy Winehouse em seus dois álbuns –“Frank” (2003) e “Back to Black” (2006)– divulgou no domingo, 24 de julho, uma versão inédita da música “Some Unholy War”. Clique aqui para ouvir.

Amy Winehous nasceu em Londres em 14 de setembro de 1983. Ela tinha dois álbuns lançados e estava finalizando seu terceiro trabalho de estúdio.

Amy se tornou mundialmente conhecida e consagrada com o sucesso do seu segundo CD, “Back to Black”, lançado em 2006. O disco traz canções que falavam sobre drogas, bebidas e relacionamentos conturbados, como “Rehab”, “Back to Black” e “You Know I’m No Good”.

No início de julho, o tabloide inglês “The Sun” divulgou que Amy bebeu até “apagar” pelo menos três vezes em uma semana. Segundo fontes próximas à cantora, ela estaria abusando da vodka por conta de problemas familiares.

No dia 18 de junho passado, Amy teve sua turnê cancelada na Europa depois de uma apresentação desastrosa em Belgrado, na Sérvia, onde nem sequer conseguiu cantar. Era um indício de que essa tragédia já estava se aproximando…

Para encerrar esse post, o TenhoDito lembra o grande sucesso da cantora, Rehab.






alimentação apple atriz atrizes beleza cantora carro casamento celebridades chocolate cinema cuidado curiosidade curiosidades dica dicas dieta emagrecer filme fotos futebol game humor imagens ipad Jogador jogos lady gaga lançamento Libertadores maquiagem mulheres musica neymar novidade pesquisa receita santos saúde tecnologia televisão video vídeos wiliam youtube