Tenho Dito!

Por que algumas pessoas ficam agressivas quando bebem?


Há quem fique agitado, feliz, deprimido ou exibido demais quando exagera na bebida. Mas existem pessoas que perdem totalmente o controle e se tornam agressivas quando ficam bêbabas, podendo representar um risco para si mesmas ou para quem está por perto.

Por que algumas pessoas ficam agressivas quando bebem?

E a ciência já tem uma boa pista de porque isso acontece.

Um estudo americando descobriu que um traço específico da personalidade é que determina como cada um reaje à bebida. Quanto maior for a capacidade da pessoa considerar as consequencias de suas ações, menor a chance dela perder o controle mesmo quando estiver bêbada.

Por que algumas pessoas ficam agressivas quando bebem?

O estudo foi feito com 495 adultos, com idade média de 23 anos, e comprovou que quem se concentra mais no aqui e agora tende a se tornar mais agressivo sob o efeito do álcool.

Ou seja: se você não tem o hábito de se preocupar com o futuro e nem costuma se importar com as consquencias de suas ações, o melhor é para no segundo copo… ou nem começar!




Categorias: Curiosidades,Dicas
Tags: , , , , , , , , , ,
26 de dezembro de 2011 | Por Redação | Comentários desativados em Por que algumas pessoas ficam agressivas quando bebem?

Ressaca: verdades e mentiras que confundem muita gente


Se você já exagerou na bebedeira, provalmente sabe que o dia seguinte pode ser uma tortura. Junto com a dor de cabeça e a desidratação, uma ressaca pode causar problemas intestinais e deixar você de cama por um bom tempo. Mas existem ideias que não passam de mito quando o assunto é o exagero de álcool. Veja o que é verdade e o que não tem comprovação nenhuma na lista abaixo e fique esperto na próxima saída com os amigos!

Ressaca: verdades e mentiras que confundem muita gente

1 – As mulheres sofrem mais do que os homens com a ressaca (verdade)
Na maioria dos casos, as mulheres, além de ter menos resistência ao álcool, sofrem mais quando estão de ressaca. Isso acontece porque o metabolismo delas é mais lento do que o dos homens, o que significa que os sintomas demoram mais pra ir embora. Além disso, o fígado feminino é mais sensível do que o masculino, ou seja: o álcool tem seus efeitos ampliados nas mulheres, mesmo que seja consumido em menores doses.

2 – Tomar uma colher de azeite antes de beber diminui a absorção de álcool (mentira)
Diz a lenda que tomar uma colher de óleo antes da balada ajuda a “forrar” o estômago com uma camada de óleo, o que diminuiria a absorção de álcool pelo organismo. Esse cuidado, no entanto, não tem nenhum efeito, já que o azeite pode até pior o enjôo que sentimos quando ingerimos muita bebida alcoólica. O melhor, nesse caso, é procurar se alimentar bem antes de beber.

3 – Fumar beber amplifica os efeitos do álcool (verdade)
A combinação cigarro e álcool é desastrosa para o corpo. A fumaça do cigarro que vai para os pulmões atrapalha a absorção de oxigênio, deixando o organismo mais vulnerável a intoxicações. E com a falta de oxigênio, todo o corpo tem suas funções alteradas, inclusive o fígado e o sistema nervoso, partes que mais sofrem com os efeitos do álcool. Por isso a ressaca de quem bebe e fuma costuma ser ainda pior.

Ressaca: verdades e mentiras que confundem muita gente

4 – Tomar café puro acelera a recuperação (mentira)
Uma das receitas caseiras mais famosas para acabar com a ressaca é tomar um café forte, sem açúcar para estimular o corpo. Mas a bebida só vai fazer efeito se estiver com açúcar, já que a glicose ajuda a quebrar o álcool que está no sangue, acelerando o processo de desintoxicação do organismo. O café, apesar de ter efeito estimulante, mas não ajuda a metabolizar o álcool”, diz Polyana Esteves.

5 – Consumir comidas gordurosas no dia seguinte atrapalha a recuperação (verdade)
Durante uma ressaca, o fígado está sobrecarregado tentando metabolizar a grande quantidade de álcool ainda existente no corpo. Colocar mais alimentos que dão trabalho ao fígado só vai atrasar mais a eliminação das toxinas do álcool. Por isso, o ideal é apostar em alimentos leves que serão fáceis de digerir.

Ressaca: verdades e mentiras que confundem muita gente

6 – Vinho causa uma ressaca mais intensa do que a cerveja (verdade)
O vinho tinto contém uma substância chamada tanino, um polifenol que pode causar dor de cabeça em algumas pessoas. Somado à desidratação causada pelo álcool, os taninos podem tornar a dor de cabeça muito mais intensa do que o normal. Outras bebidas que contém esse tipo de polifenol são o uísque e os licores maltados.

7 – Comer massa depois da bebida e antes de dormir diminui os sintomas (mentira)
Comer qualquer alimento logo depois da bebedeira não vai ajudar em nada e ainda pode aumentar o enjôo. A refeição deve ser feita antes ou durante a ingestão de bebidas alcoólicas para ter qualquer efeito. Além disso, enquanto a comida ajuda a desacelerar a absorção de álcool pelo corpo, comidas ricas em gorduras são as que fazem isso melhor. Então, antes de tomar sua primeira rodada de cerveja, consuma um bife de carne vermelha em vez de um macarrão (carboidratos), que aí talvez você escape de uma ressaca.

Ressaca: verdades e mentiras que confundem muita gente

8 – Água é a melhor aliada para combater e prevenir a ressaca (verdade)
O melhor modo de amenizar e tratar os efeitos da ressaca é hidratar o corpo. Por isso, a água é uma ótima opção, e deve ser consumida não só durante uma ressaca, mas também quando estamos ingerindo bebidas alcoólicas.

9 – Tomar mais bebida alcoólica melhora a ressaca (mentira)
Pois é, há quem acredite nisso. Aquela velha história de que tomar mais álcool ajuda a curar a ressaca é um dos piores erros para aliviar o desconforto. O seu corpo já está tentando se livrar do álcool, e ingerir mais dessa substância pode até trazer alguma sensação de bem estar no começo, mas logo vai piorar os sintomas e atrasar a recuperação.

10 – Remédios ajudam a diminuir os sintomas (verdade)
Alguns remédios, como analgésicos, realmente fazem efeito. Eles afinam os vasos sanguíneos, afastando a dor de cabeça e a sensação de enjoo. Mas jamais consuma remédios com bebidas alcoólicas, como se os medicamentos tivessem ação preventiva. Eles podem reagir com a bebida e causar problemas como tonteira, vômito, perda da coordenação motora e redução dos reflexos, entre outras reações mais graves.

[Fonte: Minha Vida]




Categorias: Curiosidades,Dicas,TenhoDito!
Tags: , , , , , , , ,
5 de dezembro de 2011 | Por Redação | Comentários desativados em Ressaca: verdades e mentiras que confundem muita gente

Fotos: coca-cola completa 125 anos


O xarope não saiu exatamente como esperado, mas em compensação o farmacêutico norte-americano John Pemberton entrou para a história ao criar, sem nenhuma pretenção, a fórmula do refrigerante mais popular do mundo.

Em maio de 1886, ele misturou extrato e folhas de coca, cafeína e água. Até então, tudo indicava que o líquido seria consumido apenas por pessoas com dor de cabeça e distúrbios do sistema nervoso. Pemberton melhorou o sabor da bebida e adicionou ácido fosfórico à “fórmula secreta”, para estabilizar quimicamente o produto. Mesmo depois de 125 anos e de centenas de tentativas de revelar todos os ingredientes, essa fórmula é mantida em segredo pelos fabricantes do refrigerante.

A fórmula do xarope foi vendida para Asa Candler que, em 1892, registrou no Estado da Geórgia a Coca-Cola Company como sociedade anônima. Em 1895, a Coca-Cola já havia conquistado os Estados Unidos e, na virada do século, chegou aos seus vizinhos mais próximos: Canadá, Inglaterra, Cuba e Porto Rico.

A garrafa é conhecida pelo famoso projeto de contorno criado em 1915 pelo designer Earl R. Dean da Root Glass Company. A Coca-Cola Company fez uma competição para selecionar o melhor desenho de garrafa. Eles queriam um projeto que poderia ser facilmente reconhecível, mesmo no escuro ou até mesmo quebrado.

Coca-cola chega aos 125 anos
Veja a evolução das garrafas com o passar do tempo:

Coca-cola chega aos 125 anos

No Brasil, a coca-cola começou a ser vendida em 31 de outubro de 1939, quando Getúlio Vargas baixou um decreto modificando o uso de aditivos químicos em refrigerantes no país. Essa polêmica mudança na legislação permitiu a utilização do ácido fosfórico que, segundo pesquisas médicas, pode se combinar com o cálcio no organismo das pessoas e, assim, provocar a descalcificação de ossos e dentes.

O império mundial da Coca-Cola, porém, continua ligado à sua matriz, em Atlanta, nos Estados Unidos. As filiais estrangeiras apenas dão um tratamento industrial final aos produtos da empresa, cuja base continua sendo o xarope desenvolvido por Pemberton. O principal negócio da multinacional é a venda de franquias para o uso do xarope e da marca.

No seu centenário, a coca-cola produziu esta garrafa especial para a Selfridges, uma loja popular de Londres.

Coca-cola chega aos 125 anos
Na Rússia foram lançados os  refrigerantes  Coca-Cola, Fanta, Sprite em 8 pequenas latas.

Coca-cola chega aos 125 anos
Disponível através de alguns sites, a Coca-Cola contribuiu para a edição limitada de nome Betty Bottle, do seriado Betty a Feia.

Coca-cola chega aos 125 anos
Em 2009, a coca-cola lançou uma edição limitada de latas projetado especialmente para o verão

Coca-cola chega aos 125 anos




Categorias: Curiosidades,TenhoDito!
Tags: , , , , , ,
10 de maio de 2011 | Por Redação | Comentários desativados em Fotos: coca-cola completa 125 anos


alimentação apple atriz atrizes beleza cantora carro casamento celebridades chocolate cinema cuidado curiosidade curiosidades dica dicas dieta emagrecer filme fotos futebol game humor imagens ipad Jogador jogos lady gaga lançamento Libertadores maquiagem mulheres musica neymar novidade pesquisa receita santos saúde tecnologia televisão video vídeos wiliam youtube