Tenho Dito!

Direitos que você tem e os bancos não divulgam

Quem usa pouco a conta corrente pode movimentar a conta sem precisar pagar tarifas aos bancos. Além disso, ninguém pode ser obrigado a contrata um pacote de serviços e nem o banco tem como garantir que o seu cartão não vai ter anuidade. Veja essas e outras dicas importantes.

Direitos que você tem e os bancos não divulgam

1- Serviços grátis

Esse direito é assegurado a quem movimenta pouco a conta ou poupança e, por isso mesmo, precisa de poucos serviços. Os clientes com esse perfil não precisam contratar um pacote de tarifas, já que os bancos são obrigados a oferecer uma quantidade mínima de serviços sem cobrar nada, como cartão de débito, no mínimo quatro saques e duas transferências por mês e até dois extratos e dez folhas de cheque a cada 30 dias.

Direitos que você tem e os bancos não divulgam

2- Ninguém é obrigado a aceitar pacotes de serviço

O banco que tentar obrigar o cliente a adquirir um pacote de serviços na hora de abrir a conta está cometendo uma infração. Tudo bem que os funcionários podem fazer a oferta, mas é obrigação do banco informar quais são os pacotes existentes e seus preços. Assim, quem quiser comprar fica com a informação sobre as melhores opções disponíveis (e pode decidir não levar nenhuma).

3- Não há como garantir que cartão não terá anuidade

Tudo bem que essa é uma oferta pra lá de tentadora, mas a verdade é que a anuidade grátis só vale para o primeiro ano de utilização. A partir daí, o cliente precisa ligar para a operadora e pedir o cancelamento do cartão ou desconto no valor. Para se proteger de cobranças inesperadas, o melhor é exigir que o direito seja garantido por escrito.

Direitos que você tem e os bancos não divulgam

4- Cobrar tarifa de abertura de crédito é probido

Essa é uma das regras que ainda deixa muita gente confusa. Mas desde 2008 o Banco Central criou normas para o setor e proibiu a TAC (Tarifa de Abertura de Crédito), que era cobrada quando o cliente pedia um empréstimo. O que os bancos podem fazer é cobrar pela confecção de cadastro do cliente quando ele for abrir a conta, e pela renovação uma vez por ano.

5- Bancos não podem enviar cartões sem consentimento

Essa prática já foi mais comum no passado. Mas mesmo agora que já está todo mundo mais esclarecido (inclusive as operadoras), vale a pena prestar atenção nesse ponto. O envio de cartão de crédito sem que o consumidor tenha solicitado é uma prática antiga e proibida pelo Código de Defesa do Consumidor, apesar de continuar a ser feito por algumas operadoras e instituições. Mesmo que digam pra você que o cartão só tratá despesas se for usado, se ele for roubado ou perdido você pode ter problemas. Na dúvida, melhor ficar sem, né?

Os alertas são do site UOL. Para ver a matéria completa, clique aqui.